[email protected]

5 de maio de 1970

Dang Thuy Tram Publicado em 07.10.2008

*

      A guerra se espalha pela Indochina. O cachorro doido do Nixon ampliou bestamente a luta. Vamos ter de enfrentar uma realidade ainda mais terrível. Mas juro junto com os meus camaradas: mesmo que eu tenha de morrer, vou lutar até o fim...

      Ah! O ódio rasga meu fígado, apodrece minhas entranhas. Por que existe gente tão terrível e cruel que quer usar nosso sangue para regar sua árvore de ouro?

      Eles já têm tanto e ainda não estão satisfeitos, têm tanto e ainda não é o suficiente para satisfazer o desejo desses demônios sedentos de sangue.

 

A noite passada sonhei com a paz: o diário de Dang Thuy Tram
Dang Thuy Tram
Editora Rocco – edição 2008