[email protected]

Desespero

Adonis Publicado em 19.02.2013

Desespero

 

Caminha siderado nas pálpebras

conduzido em demorado gemido

desconcerto o atinge por onde anda

como se lhe habitasse os passos.

 

 

Vencido pelo ignoto tem as pálpebras

como se horizonte de areias

como se por desespero seu sol

se apagasse no oriente.

 

 

ADONIS  - [Poemas]

Organização e tradução - Michel Sleiman

Apresentação - Milton Hatoum