[email protected]

Elogio do Mundo

Bandeira Tribuzi Publicado em 16.04.2013

Elogio do Mundo

 

Meu sangue e minha carne estão no mundo
como a raiz das árvores na terra.
Bicho que sou, apenas me deslumbra
o amor da vida amarga verdadeira.

 

Sinto meus estes dias perturbados
pelo sal desumano da coragem:
sinto que não estou só de passagem
entre vícios e muros levantados.

 

Como a raiz da árvore na terra
se sente presa, assim meu coração
se foge, volta a esta contínua guerra
por um mundo que os deuses não lhe dão.

 


Bandeira Tribuzi - Obra poética - editora Siciliano
Maranhão sempre.