Escola do PCdoB
Notícias

Embaixador da Palestina visitou Escola do PCdoB no Acre

Hildo Montysuma Publicado em 29.08.2011

Durante a realização do Curso Nível II realizado na capital acreana, alunos (as) e professores (as) recepcionaram o Embaixador da Palestina no Brasil. A visita, além de abrilhantar as atividades do curso, foi mais uma confirmação da política internacionalista e do respeito que o PCdoB angaria entre as forças democráticas e progressistas dos mais diversos países, notadamente dos povos que lutam pela sua independência e soberania. Diversas fotos do curso e da recepção ao Embaixador podem ser vistas e baixadas ao lado

Imbraim Alzeben, Hildo Montysuma e Vladimir Barros
Embaixador da Palestina visita Escola do PCdoB – Regional Norte III

A Escola do PCdoB – Regional Norte III teve a honra de receber no final da tarde de quinta feira, 25, por ocasião do encerramento das atividades do Núcleo Estado e classes, a visita do Embaixador da Palestina no Brasil, Sr. Ibraim Alzeben, que veio ao Acre pedir apoio e assinaturas dos acreanos, a um abaixo assinado que pede o reconhecimento do estado Palestino, pela Organização das Nações Unidas (ONU). Estiveram acompanhando o Embaixador, o Presidente do Comitê Acreano de defesa da Causa Palestina, Abrain Fahat e o Presidente do Núcleo do CEBRAPAZ-AC Wladmir Barros.

“Não estamos indo a ONU para pedir a expulsão de Israel ou brigar, mas estamos exigindo um ato de justiça e legalidade. Há 62 anos está sendo postergada a criação do estado da Palestina. Temos o reconhecimento de mais de 130 países, portanto, estamos indo para discutir as questões de fronteiras e divisão de território”, disse Ibrahim Azeben.

Segundo o embaixador, em 1948, quando foi criado o estado de Israel deveria ter sido criado o estado da Palestina.

Na ocasião Ibrahim Azeben agradeceu o esforço que o Partido Comunista do Brasil tem feito em defesa da causa palestina e da aproximação entre os povos do Brasil e da Palestina. “...nosso povo será eternamente grato ao esforço e as manifestações as manifestações de carinho e solidariedade que os Comunistas do Brasil tem manifestado com o nossa luta por todos os lugares” disse o Embaixador.
A solicitação à ONU será feita em setembro próximo pela autoridade nacional palestina. O pedido exige que seja reconhecido como estado palestino o espaço físico tendo como fronteiras as linhas de 1967 compreendendo a Faixa de gaza, Cisjordânia e Jerusalém Oriental como Capital.

De Rio Branco,
Hildo Montysuma


Galeria de Fotos

Curso Nível II no Acre agosto de 2011