São Paulo, 11 de fevereiro de 2016
Fundação Maurício grabois

Você está aqui: Home > Prosa@Poesia
  • Liberdade
    Quando traduziu (e, portanto, adaptou) clássicos da poesia sobre a liberdade, em 1967, Edmundo Moniz tinha o pensamento voltado para o Brasil que atravessava um período sombrio de sua história, após o golpe militar. A coleção de poemas que reuniu representa uma demonstração de vários séculos de experiência na luta contra o regime da violência, da força e da opressão, em defesa da liberdade e das granes conquistas sociais e políticas do homem. Este primeiro exemplo, de Paul Eluard foi publicado clandestinamente em 1942, em meio à resistência francesa ao nazismo, tendo sido lançadas cópias por aviões ingleses durante a guerra, e é referência universal em muitas canções, filmes e obras de arte.
    12.01.2016

  • Os negros
    A autora de Quarto de despejo (1960) viveu a notoriedade internacional, o assédio da imprensa e do público, assim como a morte esquecida na miséria absoluta retratada em seu livro. Antes de morrer, em 1977, entregou a jornalistas franceses os manuscritos do Diário de Bitita, sobre sua infância e sua luta contra a miséria e o preconceito racial. Carolina criou um texto de força impressionante, numa linguagem original, que só poderia vir das horas livres de uma trabalhadora negra sem preocupações estéticas, apenas expressivas.
    02.10.2015

  • Monólogos de Satanás
    Quando traduziu (e, portanto, adaptou) clássicos da poesia sobre a liberdade, em 1967, Edmundo Moniz tinha o pensamento voltado para o Brasil que atravessava um período sombrio de sua história, após o golpe militar. Quando o poema épico de Milton é publicado em 1667, o autor está em sua última fase da vida, preso, pobre e cego. Os ideais puritanos de liberdade e independência que o levaram ao cárcere, estão personificados no "anjo rebelde" orgulhoso, corajoso e ambicioso de "Paraíso Perdido". O contexto da guerra civil inglesa e do absolutismo monárquico permeia os versos.
    20.01.2016

Autores

Fundação Maurício Grabois: Rua Rego Freitas, 192 - Sobreloja - Centro - São Paulo - SP
CEP 01220-010 - Tel.: (11) 3337.1578