São Paulo, 30 de agosto de 2015
Fundação Maurício grabois

Você está aqui: Home > Prosa@Poesia
  • O Menino e o Velho: a Várzea Como Era e Como Ficou
    Aqueles campinhos de terra, na encosta de um barranco íngreme, que fazíamos com nossas próprias mãos de menino da periferia, é hoje um grande cemitério virtual. Muitos daqueles craques meninos que participavam comigo daquelas peladas deixaram ali enterrado seus sonhos de jogador profissional.
    13.04.2015

  • A cantiga de Jesuíno
    Seu sonho era ver a terra - nobre terra do Sertão – pertencendo a todo mundo, na estrela da Partição, e é por isso que ele canta de Bacamarte na mão:
    15.04.2015

  • Mal das bexigas
    O livro “No fim das terras”, de Milton Torres, dá a impressão de ser o diário de bordo de uma fabulosa viagem marítima. Uma grande seqüência de poemas sobre as raízes históricas de nossa formação. Milton conduz-nos por um Brasil que herdou todas as taras do colonialismo português, e em que a herança arcaica se aninha no cerne do país moderno. (Sergio Paulo Rouanet)
    20.05.2015

Autores

Fundação Maurício Grabois: Rua Rego Freitas, 192 - Sobreloja - Centro - São Paulo - SP
CEP 01220-010 - Tel.: (11) 3337.1578